Lembranças da Bahia

A Bahia conquistou o título de um dos estados mais visitados do Brasil. Com uma grande variedade de destinos e costumes, é possível levar diversos estilos de lembranças para quem gostamos. Desde artesanatos e ingredientes culinários até as famosas fitinhas do Senhor do Bonfim, todos esses mimos carregam em si a essência baiana.

Em Salvador, o Mercado Modelo se destaca nas vendas desse estilo de lembrança. As lojinhas estão sempre repletas de chaveiros, imãs de geladeira, instrumentos musicais, roupas e comidas típicas.

Vale lembrar que é difícil chegar à Bahia e não se deliciar com os seus sabores. Por isso, os ingredientes culinários são um dos estilos preferidos de lembranças. Um dos itens que os turistas não deixam de levar na bagagem é a Farinha de mandioca, dona de uma textura fina e crocante que é responsável por conquistar muitos paladares.

Símbolo da culinária baiana, o Dendê também é destaque quando se fala em lembranças, e é facilmente encontrado nas feiras da cidade. E por último, a pimenta. Armazenada em potes de tamanhos variados e com diversas combinações, essa iguaria possui muitos significados. Desde afastar o mau olhado até o seu poder afrodisíaco.

As opções de lembrancinhas não param por aí, nós preparamos mais outras dicas para vocês. Agora é só conferir e aprender um pouquinho mais sobre elas.

Figa: É conhecida por ser o amuleto da sorte queridinho dos baianos. O símbolo traz uma mão fechada entre o dedo médio e o indicador. Além disso, é facilmente encontrada pelo estado.

Berimbau: O instrumento musical de origem africana é um dos mimos que mais conquista os turistas.  Devido ao seu tamanho, o souvenir é considerado o terror das companhias aéreas.

Baianas: As tradicionais Baianas são encontradas em vários tamanhos e formatos. De imã de geladeira até pequenas esculturas, esse souvenir possui um lugar especial na mala de qualquer turista.

Balangandãs: Conhecidos como símbolo do candomblé, os balangandãs foram trazidos para Bahia através das negras africanas. São utilizados em pencas e servem para afastar as energias negativas e o mau-olhado.

Namoradeiras: Quase sempre são vistas ornamentando peitoris de janelas e sacadas de varandas. Elas parecem olhar para o infinito, como se estivessem esperando o tempo passar ou pelos namorados, daí o nome de “namoradeiras”.

Patuá: Ligada ao culto afro-baiano, o amuleto abre caminhos e atrai sorte e felicidade, trazendo em si o axé. As cores variam de acordo com o orixá.

Cachaça de Carangueijo: Forte e exótica, a cachaça deixa qualquer um curioso para saber como o carangueijo foi parar ali. Não se preocupe, vou explicar! Primeiro, corta-se o fundo da garrafa com um cortador de vidro, depois, adiciona-se o animal dentro e depois cola-se de novo o fundo da garrafa. Inclusive, algumas garrafas possuem uma cordinha contornando o local cortado, justamente para disfarçar a emenda e causar essa curiosidade.

Manteiga de garrafa: É um tipo de manteiga que se mantém líquida em temperatura ambiente. Como o próprio nome deixa entender, é comercializada em garrafas de vidro e é um produto típico e muito consumido no Nordeste do Brasil. Após feita, pode ser consumida em até dois meses.

 

Espero que tenham gostado!

%d blogueiros gostam disto: